menu

Após reclamar de salário "miserê" de R$ 24 mil, procurador pede licença médica

Procurador Leonardo Azeredo dos Santos está de licença médica

Procurador Leonardo Azeredo dos Santos está de licença médica
Procurador Leonardo Azeredo dos Santos está de licença médica (Reprodução/Redes Sociais)

O procurador Leonardo Azeredo dos Santos, do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), está de licença médica. O magistrado causou polêmica durante essa semana após viralizar nas redes sociais com um áudio no qual reclama do salário de R$ 24 mil por mês.

Na manhã dessa quarta-feira (11), o procurador geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet, disse que o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) não compactua com a declaração. “Sabemos que a maior parte da população é carente e pobre. É para essa população que o MPMG tem trabalhado incansavelmente combatendo a corrupção, defendendo a saúde e os mais pobres”, comentou.

Polêmica

Um questionamento inusitado tomou conta das redes sociais na última segunda-feira (9). Em áudio divulgado por uma rádio, o procurador Leonardo Azeredo dos Santos reclamou do salário de R$ 24 mil que recebe. Na gravação, o procurador se refere ao valor como um "miserê".

Após descrever o salário como um "miserê", o procurador revelou que estava diminuindo custos para conseguir sobreviver com o salário. "O senhor me desculpe o desabafo, eu estou fazendo a minha parte. Eu estou deixando de gastar R$ 20 mil de cartão de crédito e estou passando a gastar R$ 8 [mil], para poder viver com os meus R$ 24 mil”, disse o procurador.