menu

Esposa de homem atropelado em Caruaru lamenta morte do marido

Caso aconteceu no último sábado (14), no bairro Jardim Panorama

Esposa de vítima de atropelamento é entrevistada
Esposa de vítima de atropelamento é entrevistada (Reprodução/TV Jornal Interior)

Auricéia Leite, esposa do homem que morreu após ser atropelado no último sábado (14) no bairro Jardim Panorama, em Caruaru, no agreste, falou com a TV Jornal Interior sobre a perda do marido. Ela comenta a situação do trânsito na cidade e pede que os motoristas tenham mais consciência.

"É lamentável que na nossa cidade o trânsito seja tão violento. Não só eu estou passando por isso, mas com certeza muitas famílias também são vítimas do trânsito. A violência já está muito grande e o trânsito se torna violento. As pessoas estão muito apressadas, os motoristas sem consciência. Não só existem carros na avenida, existem pedestres, existem vidas, pais de família. Quantas viúvas estão passando por esse momento de dor, de dificuldade?" ela lamenta e apela para que as autoridades tornem as leis de trânsito mais rigorosas.

Sobre a perda do marido, Auricéia conta não é possível esquecer e que tem sido difícil não ter mais o esposo por perto. "Não se consegue esquecer, você perde o sono, você sente a falta do seu ente querido e você sabe que ele não vai mais voltar", explica.

Veja o depoimento:

Esposa de homem atropelado em Caruaru lamenta morte de marido

  • 18/09/2019 09:43
Auricéia Leite, esposa do homem que morreu após ser atropelado no último sábado (14) no bairro Jardim Panorama, em Caruaru, no agreste, falou com a TV Jornal Interior sobre a perda do marido. Ela comenta a situação do trânsito na cidade e pede que os motoristas tenham mais consciência 59 segundos

O caso aconteceu no último sábado (14) e foi registrado por imagens de circuito de segurança que mostram a vítima caminhando ao lado de uma mulher quando um carro vem por trás e atropela os dois. As imagens mostram que a mulher ainda foi atingida, mas o homem é pego em cheio pelo veículo e vai parar embaixo do carro. O homem não resistiu e faleceu.