Descaso

Condições da PE 145 preocupa motoristas no agreste

Segundo o DER, a operação tapa buracos foi realizada no início do ano

Levi Xavier
Levi Xavier
Publicado em 19/09/2019 às 15:34
NOTÍCIA
Reprodução/O Povo na TV/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/O Povo na TV/TV Jornal Interior
Leitura:

Quem precisa trafegar pela PE 145 tem encontrado problemas como a falta de sinalização, de acostamentos e buracos em várias partes da rodovia.

De acordo com o mecânico Magno de Barros, é perigoso transitar na pista, arriscando a vida em cima de uma motocicleta."O risco é grande, já perdi pneu e jante de moto, além de quase cair", afirmou.

No distrito caruaruense de Itaúna não é diferente, as péssimas condições das estradas tem preocupado motoristas e causado acidentes. Segundo o agricultor Eliaquim César, não tem como escolher como cair, pois cai em todos os buracos."Ontem meu amigo sofreu um acidente após tentar se livrar de buracos e acabou caindo no abismo da pista", relatou.

Em Fazenda Nova, no distrito de Brejo da Madre de Deus, buracos recepcionam turistas que visitam a cidade da 'Paixão de Cristo', e as reclamações são constantes. De acordo com o autônomo Cícero Nelson, transitar na via é prejuízo total. "Toda semana estou alinhando o carro e fazendo suspensão, só ela custa entre R$ 800 e um mil reais", disse.

No início do ano, a PE 145 recebeu a operação tapa buracos, mas poucos meses depois, novas crateras se formaram. Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a rodovia que liga Cachoeira Seca á Jataúba, no agreste, será reestruturada. O departamento prevê a reestruturação da malha viária estadual até dezembro de 2022.

Confira na reportagem do 'O Povo na TV' programa da TV Jornal Interior

Mais Lidas