menu

Novo reitor da Universidade Federal de Pernambuco é nomeado

O professor Alfredo Gomes foi nomeado, junto a chapa Mude

Chapa Mude foi encabeçada pelo professor Alfredo Gomes
Chapa Mude foi encabeçada pelo professor Alfredo Gomes (Foto: MUDE/Divulgação)

O professor Alfredo Gomes se candidatou a vaga de reitor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e, após votação realizada em dois turnos, foi nomeado para o cargo, nesta quarta-feira (09). Ele deve ser empossado no dia 13 de outubro, depois do encerramento do mandato do atual reitor, Anísio Brasileiro.

Essa nomeação era esperada desde 18 de julho, data a qual o Ministério da Educação (MEC) recebeu a lista tríplice, que continha os três nomes favoritos. Estavam concorrendo, Ricardo Medeiros, do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), Sérgio Abranches, do Centro de Educação (CE) e o vencedor Alfredo Gomes, que era diretor do Centro de Educação (CE). 

Vencedor das eleições gerais com 31,26% dos votos, Alfredo foi nomeado. Sua chapa foi registrada em parceria com o professor Moacyr Cunha de Araújo Filho, o nome mais cotado a assumir como vice-reitor. Alfredo tem 55 anos, é Graduado em Psicologia (1990) e mestre em Sociologia pela UFPE (1995). Ele possui  um doutorado em Educação (PhD) pela University of Bristol (2000), do Reino Unido, e fez o estágio pós-doutoral junto ao Centre for Globalization, Societies and Education, também pela University of Bristol (2010-2011). 

Alfredo Gomes atua como professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) no Centro de Educação (CE), onde é diretor e também é docente do Departamento de Fundamentos Sócio-Filosóficos da Educação.

Lei

Alunos, docentes, e técnicos participam da consulta para escolher o reitor. Entretanto, por prerrogativa, o presidente do Brasil deve apontar o nome que toma posse. Três nomes são indicados para universidade para o Ministério da Educação (MEC), entretanto, no entendimento do governo federal, não existe hierarquia na lista tríplice.