menu

Corpo de brasileira que morreu na Bolívia será trazido para o País

Traslado deve ser feito desta quarta-feira para quinta

Estudante de Pernambuco, Luciana faleceu na Bolívia
Estudante de Pernambuco, Luciana faleceu na Bolívia (Reprodução/TV Jornal Interior)

A família da estudante pernambucana Luciana Suelen Gomes Vieira, 32 anos, que morreu na Bolívia por complicações de um tumor no cérebro, conseguiu os valores para trazer o corpo da jovem ao Brasil. Os pais e o marido da estudante de medicina fizeram uma campanha na internet para arrecadar USD 3 mil (três mil dólares), que equivale a R$ 12 mil, para fazer o traslado.

Natural de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, Luciana será sepultada na cidade. O corpo sairá de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, nesta quarta-feira e tem chegada prevista ao Brasil para esta quinta. De acordo com a família, o velório e o sepultamento serão realizados na manhã de sexta, no Cemitério Parque dos Arcos.

Relembre o caso

Luciana morava há quatro anos com o marido na Bolívia, com o objetivo de realizar o sonho de ser médica. Lá também concretizou o desejo de ser mãe. Porém, durante uma visita ao Brasil, apresentou fortes dores de cabeça, tonturas e até desmaios.

Quando voltou para a Bolívia, ela passou mal e foi levada para um hospital do país vizinho. O médico pediu uma tomografia e foi constatado que ela estava com hidrocefalia. Depois do diagnóstico, Luciana precisou passar por uma cirurgia de emergência, quando foi identificado um tumor. Pouco depois, ela sofreu um ataque cardíaco e não resistiu.