Protesto

Motoristas que fazem transporte de estudantes cobram salários atrasados em Belo Jardim

Prefeitura do município alega que fez os repasses à empresa terceirizada

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 22/10/2019 às 18:09
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Cerca de 120 motoristas que transportam estudantes da zona rural e distritos de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, paralisaram as atividades nesta terça-feira (22). Eles dizem estar com os salários de agosto e setembro atrasados. A parada foi em frente à garagem dos veículos.

O motorista Genilson José disse que o grupo apela para que o problema seja resolvido, mas até agora só há promessas: "Estamos aqui reivindicando para receber os meses que faltam. A gente precisa para colocar óleo e se manter também".

"Três meses sem receber, aí nós tivemos que fazer essa paralisação para ver se eles pagam, porque está difícil a coisa. Muitos pais de famílias passando fome, devendo em casa de peças", revelou o motorista Antônio Bento.

Resposta da prefeitura

O pagamento aos motoristas é feito por uma empresa terceirizada que presta serviços à prefeitura. De acordo com o órgão, os repasses referentes a agosto e setembro foram realizados normalmente e a empresa fez o pagamento aos motoristas. Porém, segundo a prefeitura, cerca de 15 motoristas não teriam recebido os valores. O órgão informou ainda que irá verificar o que ocasionou o problema.

Mais Lidas