menu

Praia dos Carneiros está livre de óleo, diz associação

Segundo a associação, laudos técnicos comprovaram que a água do mar está apta para o banho

Força tarefa atua na retirada de óleo da Praia dos Carneiros, em Tamandaré
Força tarefa atua na retirada de óleo da Praia dos Carneiros, em Tamandaré (Bruno Campos/JC Imagem)

A Associação para Desenvolvimento Sustentável da Praia dos Carneiros (ADESC), em Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco, informou que a área está limpa com relação a resíduos de petróleo cru. Segundo a associação, laudos técnicos comprovaram que a água do mar está apta para o banho.

A análise foi encomendada a uma empresa certificada na última terça-feira (22) e o resultado deu negativo para contaminação por óleos e graxas. Além disto, nega a incidência de coliformes fecais e bactérias. A vistoria foi feita em vários pontos da praia, como os trechos do restaurante Bora Bora da Igreja São Benedito, Pousada Praia dos Carneiros, entre outros.

A ADESC informou ainda que solicitou um novo laudo para hidrocarbonetos. A coleta está prevista para este sábado (26) e o resultado sairá em três dias úteis. 

"É importante frisar que a missão da organização é zelar pelo desenvolvimento sustentável da praia e não serão poupados esforços para salvaguardar as vidas humanas que trabalham e desfrutam dos patrimônios naturais da região", escreve o presidente da associação, Rosalvo Rocha.

Números

De acordo com os dados mais recentes, divulgados pelo Governo de Pernambuco nessa quinta-feira (24), o total coletado desde o primeiro dia nas praias do Estado chegou a 1.358 toneladas de óleo. O material foi entregue ao Centro de Tratamento de Resíduos.

Ao todo, foram atingidas 28 praias em dez municípios, sendo duas em Tamandaré, uma em Barreiros, cinco em Sirinhaém; quatro em Ipojuca; uma em Rio Formoso; sete no Cabo de Santo Agostinho; uma em Jaboatão dos Guararapes; uma em São José da Coroa Grande; três no Paulista e três na Ilha de Itamaracá.

Na quinta, manchas de óleo foram localizadas em oito praias - todas com fragmentos de pequenas proporções - e um estuário. São eles: Praia de Jaguaribe, do Pilar e Enseada dos Golfinhos, na Ilha de Itamaracá; Praia de Gaibú, no Cabo de Santo Agostinho; e a Praia de Nossa Senhora do Ó, no Paulista.