Denúncia

Motoristas denunciam que foram afastados após cobrarem salários atrasados em Belo Jardim

A cobrança veio após a Prefeitura de Belo Jardim dever três meses de salário aos motoristas

Pedro Hierro
Pedro Hierro
Publicado em 28/10/2019 às 14:02
NOTÍCIA
Reprodução/Tv Jornal Interior
FOTO: Reprodução/Tv Jornal Interior
Leitura:

Funcionários da Prefeitura de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, denunciam que estão com três meses de salário atrasado. Os profissionais de técnica de enfermagem, motorista do SAMU e de transporte escolar, estão parando seus serviços devido ao atraso.

Mais de 100 motoristas pararam as atividades por falta de pagamento e parte deles tiveram seus contratos rescindidos. O motorista Antônio Bento, que realiza o transporte de crianças na zona rural da cidade, informou que teve seu contrato encerrado após cobrar os três meses de salário que a prefeitura lhe devia. “Eles mandaram a gente embora e não falaram quando vão pagar os meses de atraso e estamos aguardando eles entrarem em contato”, relatou. 

Situação no SAMU

A equipe de SAMU da cidade está paralisada há uma semana. A técnica de Enfermagem Eline Santo informa que os funcionários só vão voltar às atividades após o salário ser depositado. “A gente continuou a paralisação até o nosso dinheiro cair na conta, que são três meses de salário e quatro de gratificação”, informa.

A Prefeitura da cidade informou que o dinheiro será depositado na próxima quarta-feira (30) se os funcionários do SAMU voltarem aos seus trabalhos, porém a categoria informa que o funcionamento só voltará ao normal, após a distribuição do salário. 

Mais Lidas