menu

Taquaritinga do Norte terá rodízio no abastecimento de água

O objetivo é preservar o volume do manancial Mateus Vieira

Regime é de cinco dias com água e 10 dias sem
O objetivo é preservar o volume do manancial Mateus Vieira (Divulgação)

A Compesa irá modificar o abastecimento do município de Taquaritinga do Norte, no Agreste pernambucano. O objetivo é preservar o abastecimento de água até o período de chuvas. A partir do próximo sábado (2), os moradores deixarão de receber água diariamente e passarão a ter um rodízio de 10 dias com água e 10 dias sem.

O gerente da Unidade de Negócios da Compesa, Bruno Adelino, explica os motivos do rodízio. “Com o volume atual de Mateus Vieira, é necessário implantar o rodízio em Taquaritinga do Norte para assegurar o abastecimento da população, até meados de maio de 2020. O manancial tem acumulação total de 2,7 milhões metros cúbicos, mas está com apenas 340 mil”, informou.

Atualmente o manancial de Mateus Vieira,o qual abastece o município, se encontra com apenas 12,5% da capacidade.