menu

Cachorro é flagrado "pilotando" moto no Sertão de Pernambuco

Atitude que viralizou nas redes sociais pode gerar multa e até perda de pontos na carteira

No vídeo, o animal aparece guiando uma moto
No vídeo, o animal aparece guiando uma moto (Reprodução/NE10 Interior)

O cachorro é conhecido por ser o melhor amigo do homem. Leal a todo momento, o bichinho faz companhia, protege a casa e até... guia motocicletas? Um flagra inusitado da cidade de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, chamou atenção ao mostrar dois homens em uma moto, transportando um cachorro que coloca as patas no guidão do veículo. Em um determinado momento, o condutor retira as mãos da peça que orienta a direção e dá a impressão de que o cachorro  está pilotando. 

Um motorista que passava durante o acontecimento filmou toda a cena, que chamou a atenção desde o domingo (27), quando viralizou nas redes sociais. Até o momento da publicação desta reportagem o vídeo original possui mais de 200 mil visualizações, 30 mil curtidas e 400 compartilhamentos.

De acordo com o especialista em trânsito Alex Monteiro, o vídeo é a prova de uma infração de trânsito média. Em entrevista ao portal NE10 Interior, o consultor explicou que o art. 252 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) pune quem dirige veículos transportando pessoas, animais ou volumes entre os braços e pernas. A infração é punível com multa e o condutor pode perder até 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Ainda segundo Alex Monteiro, o ideal é que animais sejam transportados em compartimentos seguros e isolados que não ofereçam riscos ao condutor do veículo ou aos bichinhos. "O que vemos no vídeo é a forma dispersa com que o condutor se apresenta. Além de estar com o animal entre as pernas ele solta a mão do veículo. Qualquer situação de risco, como uma pedra ou algo que passasse em frente ao veículo, acabaria por derrubá-lo e machucaria não só duas pessoas como um animal", explica. 

Segundo o especialista, o motorista do veículo também errou em filmar a ação. O condutor não só utilizou o celular enquanto dirigia, como também distraiu a outros e a si mesmo durante o trânsito. 

Veja vídeo