menu

Homem é preso com 400 mil euros no Aeroporto do Recife

Investigações estão buscando identificar quem é o dono da quantia e sua destinação

Apreensão ocorreu no Aeroporto do Recife
Apreensão ocorreu no Aeroporto do Recife (Divulgação/PF)

Um taxista de 41 anos foi preso pela Polícia Federal (PF) em Pernambuco no Aeroporto Internacional do Recife, por transportar 400 mil euros, que equivale a R$ 1.760.000. A prisão ocorreu no último domingo (27), mas as informações foram divulgadas na manhã desta quarta-feira (30).

As autoridades encontraram materiais suspeitos escondidos nas roupas e sapatos do taxista, que é natural de Belém, no Pará. Ele mostrou nervosismo e impaciência quando foi separado para uma entrevista. Em uma das malas dele foram encontrados € 400 mil euros em notas de € 50, € 100, € 200 e € 500. O suspeito contou às autoridades que recebeu a orientação de outra pessoa, que ainda não se sabe quem é, para entregar o dinheiro quando desembarcasse no Aeroporto de Salvador, da Bahia, após fazer conexão no Aeroporto Internacional dos Guararapes. Ele ainda disse que receberia R$ 1000 pelo serviço.

De acordo com o chefe de comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro, existem diversas possibilidades sobre a origem do dinheiro. As investigações estão buscando identificar quem é o dono da quantia e sua destinação. "Várias hipóteses estão sendo analisadas: lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, propinas para políticos", explica Giovani.

O taxista foi levado para a Superintendência da Polícia Federal no Cais do Apolo e autuado por guardar ou ocultar origem ou movimentação de valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal. Ele foi levado para a audiência de custódia, onde foi liberado e deve responder ao processo em liberdade.