Pesquisa

Chegar atrasado pode fazer bem para a saúde, diz estudo

Pesquisa foi feita por membros da Faculdade de Medicina de Harvard

Pedro Hierro
Pedro Hierro
Publicado em 04/11/2019 às 20:00
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

A Faculdade de Medicina de Harvard (EUA) publicou um estudo que afirma que pessoas que se atrasam são mais felizes
do que as que chegam pontualmente. De acordo com esta pesquisa, quem atrasa vive de uma maneira mais calma, por isso é menos nervoso e tem mais saúde.

Por conta desta maneira de viver sem estresse, essas pessoas apresentam menores chances de terem problemas cardíacos. Desta forma, vivem mais. A universidade apresentou outros trabalhos/artigos sobre temas que se relacionam com estes; todos visam uma maneira de reduzir o estresse nas pessoas.

Um trabalho de cientistas também de Harvard oferece sete dicas para reduzir o estresse. Elas aconselham as pessoas dormirem o suficiente, aprender técnicas de relaxamento, cuidar de si e de seu corpo e estar sempre dispostos a pedir ajuda.

Mais Lidas