menu

Suspeito de participar de assalto no aeroporto de Viracopos será transferido para São Paulo

Ele foi preso na Feira da Sulanca, em Caruaru, Agreste de Pernambuco

Suspeitos estavam com quase R$ 300 mil em dinheiro
Suspeitos estavam com quase R$ 300 mil em dinheiro (Reprodução/TV Jornal Interior)

Dois suspeitos de cometer vários assaltos serão transferidos de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, para o estado de São Paulo. Anderson Struziatto dos Santos, 31 anos, e José Edmilson da Silva Viana, 44, foram presos em flagrante na noite de domingo (3) na Feira da Sulanca.

De acordo com a Polícia Federal, o principal alvo da ação era Anderson, que tinha um mandado de prisão preventiva expedido pela Vara Criminal de Caçapava (SP) em aberto. Ele também é investigado por possível envolvimento na tentativa de assalto ao aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

"Eles foram conduzidos para cá [a delegacia da PF] e de imediato a gente identificou que os documentos que eles apresentaram de identificação eram falsos. Contra um deles, que era o nosso principal alvo, já havia um mandado de prisão expedido pela Justiça estadual de São Paulo por envolvimento em uma tentativa de roubo a um carro-forte no aeroporto de Viracopos que culminou com dois vigilantes sendo feridos", explicou o delegado Márcio Tenório.

Suspeito de participar de assalto no aeroporto de Viracopos será transferido para São Paulo

  • 04/11/2019 19:48
Dois suspeitos de cometer vários assaltos serão transferidos de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, para o estado de São Paulo. Anderson Struziatto dos Santos, 31 anos, e José Edmilson da Silva Viana, 44, foram presos em flagrante na noite de domingo (3) na Feira da Sulanca. 2 minutos e 7 segundos

Material apreendido

Os suspeitos foram autuado em flagrante por uso de documento falso, e caso sejam condenados poderão pegar penas que variam de dois a seis anos de reclusão, além de multa. Eles estavam com mais de R$ 280 mil; USD 120; 11 celulares, um tablet e uma câmera fotográfica.

Ainda de acordo com o delegado, existe uma suspeita de que os dois estavam na região para levantar possíveis alvos de assaltos e verificar locais que poderiam servir como apoio para as investidas.