menu

Primeira semana do Comércio na Praça em Caruaru termina com reclamação

Falta de movimento ainda é um dos pontos mais relatados

Falta de movimento ainda é um dos pontos mais relatados
Falta de movimento ainda é um dos pontos mais relatados (Reprodução/TV Jornal Interior)

Após a primeira semana de atividades do projeto ‘Comércio na Praça’ em Caruaru, Agreste de Pernambuco, os ambulantes seguem reclamando da estadia no local. Eles alegam estar preocupados com o futuro do comércio devido à falta de movimento supostamente causada pela mudança.

O vendedor de espetinho José Paulo relata que antigamente vendia por dia cerca de 240 do produto. No entanto, neste novo local ele relata que conseguiu vender no máximo 21 espetinhos. O ambulante faz um pedido para melhorar esta situação. “Eu queria que algum representante desse algum apoio para a gente, porque praticamente estamos jogados na rua”, declarou.

A ambulante Conceição Pereira está preocupada com a situação que ela e seus amigos estão vivendo. “Nós botamos outro nome aqui agora, nós chamamos agora de ‘Fome na Praça’, porque se a gente for depender daqui para comer nós vamos passar fome”, relatou.

 Confira matéria do Povo na TV

Primeira semana do Comércio na Praça em Caruaru termina com reclamações

  • 08/11/2019 16:24
Após a primeira semana de atividades do projeto ‘Comércio na Praça’ em Caruaru, Agreste de Pernambuco, os ambulantes seguem reclamando da estadia no local. Eles alegam estar preocupados com o futuro do comércio devido à falta de movimento supostamente causada pela mudança. 1 minuto e 59 segundos