Fisioterapia

Idosa se emociona após conseguir ficar em pé durante tratamento

Vídeo que mostra Dona Edilene se olhando no espelho viralizou nas redes sociais

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 12/11/2019 às 19:08
NOTÍCIA
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

O vídeo de uma idosa ficando em pé com a ajuda de uma cama ortostática emocionou muita gente nas redes sociais desde o último fim de semana. Dona Edilene Maria, 59 anos, sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) em 2014. Pouco tempo depois, teve chikungunya e parou de andar.

De lá até agora, a aposentada utiliza uma cadeira de rodas para se locomover e faz fisioterapia em Gravatá, Agreste de Pernambuco, cidade em que mora.

Pela primeira vez desde o AVC, Dona Edilene conseguiu ficar em pé com a ajuda da cama ortostática, equipamento que faz parte do recém-inaugurado Centro de Fisioterapia do município. "Eu me senti bem, fiquei feliz da vida", disse, em entrevista à TV Jornal Interior.

Da primeira vez que utilizou o aparelho, a aposentada não conseguiu conter as lágrimas e emocionou a todos que estavam no entorno. "Eu estava em casa, quem veio com ela foi minha irmã. Minhas amigas começaram a mandar [o vídeo] para mim no WhatsApp, no Instagram. Quando eu vi o vídeo de ela se olhando no espelho eu chorei muito", afirmou a dona de casa Andrele Maria.

A outra filha de Dona Edilene, a agricultora Adriana Maria, alimenta e acompanha a mãe nos momentos de necessidade: "Eu fico muito alegre, muito feliz. [Ela estava] muito tempo sem andar".

Tratamento

A fisioterapeuta Idayane Marinho, que acompanha a aposentada, vê a evolução. Depois da fisioterapia, Dona Edilene consegue fazer alguns exercícios sem se queixar de dor.

"Ela chegou aqui com muita dificuldade, ela não conseguia andar, chegava de cadeira de rodas. Todo o tratamento dela sempre foi feito na cama e ela não tinha força muscular, não conseguia elevar os braços. Não conseguia fazer os exercícios de membros inferiores", relatou.

Mais Lidas