menu

Temperaturas altas e umidade baixa deixam moradores em alerta no Sertão

Médico dá dicas sobre como proteger a saúde nesta época do ano

Moradores utilizam sombrinhas para se proteger do sol
Moradores utilizam sombrinhas para se proteger do sol (Reprodução/TV Jornal Interior)

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) alertou que até a próxima quinta-feira (14) a umidade relativa do ar ficará abaixo de 20% no Sertão do Estado. A umidade baixa e as temperaturas altas - em torno de 37°C - podem trazer vários prejuízos à saúde.

Moradora de Serra Talhada, a autônoma Chimeny Lira já precisou recorrer a uma unidade de saúde por apresentar problemas. "Quando a umidade está muito baixa eu fico tossindo muito seco, meu nariz sangra. Eu procurei um médico e ele me orientou a umidificar o ar", conta.

A vendedora Damiana Nascimento procura se proteger quando vai chegando a época mais quente do ano. "Aqui a temperatura é muito alta e não tem condição de você andar sem protetor e sem sombrinha", aponta.

Outra necessidade é a de manter-se hidratado. A autônoma Fabíola Sobrinho sabe disso. "Nosso calor está enorme, então todo canto que eu passo, uma aguinha mineral ou uma aguinha de coco, eu sempre estou com ela na mão", revela.

Dicas

De acordo com o otorrinolaringologista José Netto, medidas podem ser tomadas em casa para combater a baixa umidade do ar. Algumas delas são: utilizar um vaporizador ou umidificador de ar; estender toalhas úmidas no quarto; não diminuir muito a temperatura do ar-condicionado, entre outras.

"Quem mais sofre nessas situações é o nariz e a laringe, a garganta, as cordas vocais. Diminui alguns mecanismos de defesa dessas estruturas e favorece o aparecimento de infecções, crostas, sangramentos. Até a pessoa tende a mexer mais no nariz. Tudo isso pode trazer desde riscos leves até situações mais graves como é o caso dos sangramentos nasais", explica o médico.

Temperaturas altas e umidade baixa deixam moradores em alerta no Sertão

  • 12/11/2019 16:26
A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) alertou que até a próxima quinta-feira (14) a umidade relativa do ar ficará abaixo de 20% no Sertão do Estado. A umidade baixa e as temperaturas altas - em torno de 37°C - podem trazer vários prejuízos à saúde. 2 minutos e 28 segundos