Denúncias

Ex-candidatos a conselheiro tutelar denunciam possíveis irregularidades em Caruaru

Denúncias foram levadas para Ministério Público de Pernambuco para serem protocoladas

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 13/11/2019 às 12:50
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Ex-candidatos a conselheiros tutelar estão denunciando possíveis irregularidades de candidatos eleitos e não eleitos em Caruaru, no Agreste Pernambucano. Os ex-candidatos estiveram na tarde dessa terça-feira (12) no Ministério Público de Pernambuco para protocolar a denúncia. O material demorou cerca de um mês para ficar pronto poque estavam reunindo provas.

O ex-candidato a conselho tutelar Wellington Santos explicou como eles procederam: "Nós fizemos um ofício, protocolamos na promotoria para que as promotoras pudessem apreciar e dar uma resposta à sociedade. Nós, que fizemos uma campanha limpa e justa, fomos praticamente prejudicados com isso". Ele pede que o poder público analise a denúncia e investigue a situação.

Ainda segundo os ex-candidatos, as irregularidades estavam acontecendo desde a campanha das eleições, quando alguns candidatos teriam desobedecido regras que haviam sido acordadas com o Ministério Público.

"Quando foi liberada a campanha, houve uma reunião com todos os candidatos e foi elaborado pelas promotoras o que podia e o que não podia. Não poderia fazer Chapa, não poderia usar nome de partido político. Nós começamos a encontrar irregularidades nesse sentido. A gente queria uma eleição justa, sem compra de votos, sem nenhum tipo de irregularidades e não foi isso que aconteceu", conta a ex-candidata Manuele Torres.

A eleição para conselho tutelar foi realizada no dia 10 de outubro deste ano.

Veja a reportagem:

Mais Lidas