menu

Funcionários da farmácia do HRA cruzam os braços por falta de pagamento

Eles voltaram a trabalhar pouco depois temendo sanções

A vítima foi transferida para o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru, mas não resistiu
Funcionários trabalham na farmácia do HRA (Foto: Secretaria Estadual de Saúde)

Um grupo de funcionários terceirizados da farmácia do Hospital Regional do Agreste (HRA) cruzou os braços na manhã desta quinta-feira (14) em Caruaru. O motivo era o não recebimento dos salários. Eles voltaram a trabalhar pouco depois temendo sanções. A situação na unidade de saúde inclui pacientes nos corredores e lixo acumulado.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que um repasse financeiro para a empresa Real JG está previsto para esta quinta-feira (14). "A SES reitera seu compromisso e reforça que está trabalhando para manter repasses regulares para a empresa citada", diz a nota.

SES nega paralisação

A pasta ainda nega que houve paralisação dos colaboradores da farmácia e disse que os serviços estão sendo realizados normalmente. Em relação aos profissionais que recebem através de empenho, a diretoria do HRA disse que está realizando auditoria e por isto está impossibilitada de fazer o repasse aos profissionais que atuam como pessoa física. Assim que o trâmite for concluído, os valores serão liberados.