Economia local

Feiras de fim de ano começam neste domingo em Caruaru

Sulanqueiros estão esperançosos para as vendas do período

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 15/11/2019 às 14:40
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

As feiras de fim de ano são as mais esperadas pelos sulanqueiros em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A partir deste domingo (17), a Feira da Sulanca será realizada aos domingos e segundas, das 4h à 13h, até o dia 23 de dezembro. A feirante Rosilene Maria espera um aumento nas vendas neste período. "Eu estou esperando que seja melhor do que no outro ano, porque durante a semana está muito fraco", lamentou.

De acordo com a presidente da Associação da União dos Sulanqueiros, Fátima Amaral, nesta época a feira de domingo costuma ter mais volume de vendas. Na segunda é uma feira de complemento, que recebe mais compradores de varejo. "Essa feira do domingo e da segunda foi um pedido feito pelo próprio sulanqueiro. Nas outras feiras, como Toritama, Santa Cruz, já funciona nos dois dias. Nada mais justo do que Caruaru também funcionasse", destacou.

O diretor do Sindicato dos Sulanqueiros, Paulo César, disse que são esperados de 200 a 300 ônibus com compradores de outras cidades para as feiras deste período. "Estamos aguardando uma quantidade boa de ônibus de fora, porque sabemos que é a primeira feira agora no calendário, estamos com uma expectativa muito boa. Temos uma média de 35 mil numa feira normal e agora a gente vai dobrar essa quantidade, uma média de 70 mil", disse.

Segundo o secretário extraordinário da Feira, José Pereira, apesar da crise econômica, a expectativa é boa. "Estamos ansiosos, esperançosos, que este ano seja tão bom o movimento como foi no ano passado. É toda uma estrutura, boa estrutura, bom preço, bom atendimento. O Parque 18 de Maio está pronto para receber os clientes", afirmou. Ele reforçou ainda que a estrutura e a segurança da área estão prontas para as vendas de fim de ano.

Veja na reportagem do "Povo na TV", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas