Alerta

Golpe da Morte: Delegacia de Cupira investiga ligações criminosas

Criminosos dizem que foram contratados para matar as vítimas e pedem dinheiro

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 20/11/2019 às 17:32
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

A Delegacia de Cupira, no Agreste de Pernambuco, está investigando ligações telefônicas criminosas que estão sendo realizadas para aplicar um golpe na cidade. No chamado "Golpe da Morte", os autores entram em contato com as vítimas e relatam que teriam sido contratados para matá-las.

Os criminosos dizem, então, que caso a vítima pague um valor em dinheiro, a vida dela será poupada. Os valores solicitados pelos autores do crime variam de R$ 1 mil a R$ 4 mil. Pelo menos nove pessoas já registraram queixa de casos semelhantes na delegacia.

Para o delegado Jeová Miguel, a história da suposta ameaça de morte é fantasiosa. "O que chama a atenção nestes casos é que os autores têm bastante informações sobre a vida das vítimas. Informações pessoais, informações sobre os familiares das vítimas, [pegas] através de redes sociais", relata.

Uma das vítimas entrevistadas pela TV Jornal Interior, que preferiu não se identificar, contou que recebeu uma ligação de madrugada. "Ele disse: 'você vai me pagar mil reais e eu vou passar pra você, eu garanto os caras não ir aí'", disse.

Vídeos íntimos

Para piorar a situação, os suspeitos chegaram a solicitar vídeos íntimos para uma vítima que disse não ter dinheiro. "Como ela estava muito nervosa e acreditava ser verdade, já que eles tinham muitas informações pessoais, ela repassou estas fotos. Os indivíduos enviaram em grupos de WhatsApp", lamentou o delegado Jeová Miguel.

Mais Lidas