menu

Patrulha Maria da Penha está sendo implantada em Santa Cruz

Ela vem com o papel de reduzir o número de casos de violência doméstica

Ela vem com o papel de reduzir o número de casos de violência doméstica
Ela vem com o papel de reduzir o número de casos de violência doméstica (Reprodução/Tv Jornal Interior)

O primeiro passo para a implantação da Patrulha Maria da Penha em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco, foi realizado nesta terça-feira (19). O serviço vem para ser uma fiscalização de medidas protetivas e uma maneira de evitar a violência contra a mulher na cidade. Serão 15 guardas municipais que vão atuar na Patrulha.

A assistente da diretoria de enfrentamento à violência à mulher, Tisbes Martins, contou os benefícios da Patrulha. “A Patrulha Maria da Penha serve como uma fiscalização das medidas protetivas, então o patrulheiro ao chegar nas casas vai buscar saber se está havendo o cumprimento da medida protetiva, se o agressor continua entrando em contato com a mulher e como está a situação dela. Se for identificada alguma irregularidade, o patrulheiro irá orientar a mulher”, relatou Tisbes.

Até o momento, de acordo com a Coordenadoria da Mulher do Município, foram registrados 271 casos de violência doméstica em Santa Cruz. A Patrulha vem com o papel preventivo de reduzir este número, através do monitoramento da segurança das mulheres que estão com medida protetiva ou entraram com este pedido.

Confira matéria do Por Dentro

Patrulha Maria da Penha está sendo implantada em Santa Cruz

  • 21/11/2019 17:28
O primeiro passo para a implantação da Patrulha Maria da Penha em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco, foi realizado nesta terça-feira (19). O serviço vem para ser uma fiscalização de medidas protetivas e uma maneira de evitar a violência contra a mulher na cidade. Serão 15 guardas municipais que vão atuar na Patrulha. 2 minutos e 48 segundos