menu

Mutirão de ultrassonografias será realizado em Caruaru

Ação tem objetivo de acelerar fila de espera

Secretaria de Saúde de Caruaru
Secretaria de Saúde de Caruaru (Google Street View)

A Secretaria de Saúde de Caruaru, no Agreste pernambucano, inicia nesta segunda-feira (2), um mutirão para realização de ultrassonografias. A meta é fazer cerca de 700 ultrassonografias por mês para acelerar a fila de espera.

Nesta primeira semana, foram agendados 165 pacientes que podem realizar a ultrassom. A Central de Regulação da cidade faz a escolha baseando-se no tempo de espera e do parecer clínico.

“Com o mutirão, a fila de espera de ultrassonografias terá um impacto de 63% a menos, chegando a zerar a espera em alguns tipos”, explica o secretário executivo da Atenção Especializada, Breno Feitoza.

Os tipos de ultrassonografias que serão ofertadas são dopller venoso e arterial, articulação e partes moles, parede abdominal, aparelho urinário, bolsa escrotal, próstata, tireoide, mama, pélvica e transvaginal.

“O mutirão vai permitir que a gente faça uma análise precoce de algumas doenças e evite que a população sofra por consequência de atraso no fechamento de diagnóstico”, afirma o secretário de Saúde de Caruaru, Francisco Santos.

Os exames serão realizados de segunda a sexta-feira, das 17h às 22h, no AME Indianópolis. Nos sábados, das 7h às 17h, no Centro de Imagem, localizado no bairro Maurício de Nassau.