menu

Funcionários do HRA protestam por salários atrasados

Eles estão há três meses sem receber os salários, o ticket alimentação e o vale transporte

Hospital Regional do Agreste HRA
Hospital Regional do Agreste, em Caruaru (Reprodução/SES)

Cerca de 20 funcionários que prestam serviço à Secretaria Estadual de Saúde (SES) por meio da empresa Real JG Serviços fizeram um protesto nesta terça-feira (3) no Hospital Regional do Agreste (HRA). Eles alegam que estão há três meses sem receber os salários, ticket alimentação e vale transporte.

"São três meses sem os salários, não recebemos também o 13°. A gente já procurou o sindicato, procuramos o ministério também. A informação que temos é que não tem previsão de nada", lamentou a recepcionista Fabiana Gonçalves.

De acordo com ela, os funcionários estão com dificuldades em casa por causa da falta dos vencimentos. Familiares precisam auxiliar nas contas para que eles consigam honrar os compromissos.

Os funcionários trabalham como recepcionistas da parte administrativa do HRA. Em nota, a SES informou que tem mantido o fluxo de repasses para a empresa terceirizada.

Em novembro, a secretaria esteve em uma audiência no Ministério de Trabalho e Emprego junto à Real. Ficou acordado que o pagamento seria feito e os valores repassados aos trabalhadores.

Já a assessoria jurídica da Real JG informou que o Governo do Estado deve mais de 14 milhões de notas desde 2017 e o pagamento atual é referente ao ano de 2016.

Veja na reportagem do "TV Jornal Notícias", da TV Jornal Interior:

Funcionários do HRA protestam por salários atrasados

  • 03/12/2019 20:12
Cerca de 20 funcionários que prestam serviço à Secretaria Estadual de Saúde (SES) por meio da empresa Real JG Serviços fizeram um protesto nesta terça-feira (3) no Hospital Regional do Agreste (HRA). Eles alegam que estão há três meses sem receber os salários, ticket alimentação e vale transporte.