Hospital

Único hospital em Belo Jardim só atende casos graves, denuncia população

Fato se deve por conta dos salários dos funcionários de saúde estarem atrasados

Pedro Hierro
Pedro Hierro
Publicado em 03/12/2019 às 18:12
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

O único hospital da cidade de Belo Jardim, Agreste de Pernambuco, ficou vazio neste domingo (1º), por conta dos atendimentos terem sidos suspensos por falta de profissionais. De acordo com moradores, a suspensão se deve por conta de atraso nos salários para os funcionários da saúde. Os relatos são de que o Hospital Júlio Alves de Lira só estava recebendo casos graves no dia.

Uma dona de casa que não quis de identificar relatou que foi com o filho para a unidade de saúde e o adolescente, que estava passando mal, teve o atendimento negado. “Se recusaram a atender e foi feito a triagem e não iria ficar nem em urgência e nem emergência, porque o caso dele não era grave e no local só estava atendendo casos graves. Já que ele não estava com febre, não iria atender ele não”, relatou.

A mãe disse que os sintomas continuaram e ela levou o filho para Caruaru. De lá, o adolescente foi encaminhado para o Hospital Restauração, em Recife. “Ele estava com apendicite, quase estrangulando, e foi Deus mesmo que fez com que fosse socorrido rápido”, informou.

Confira matéria do Por Dentro

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Belo Jardim informou que o hospital está funcionando normalmente, inclusivo com três médicos de plantão, dois na emergência e um no internamento clínico atendendo a população.

Mais Lidas