Denúncia

Motociclista que denunciou carro da Destra ainda aguarda resposta

Caso aconteceu no dia 30 de Outubro

Pedro Hierro
Pedro Hierro
Publicado em 05/12/2019 às 17:17
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

O vendedor que afirmou  ser vítima de um acidente com uma viatura da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes de Caruaru (Destra) no dia 30 de outubro, ainda está no aguardo de alguma resposta da ouvidoria da autarquia municipal sobre o caso.

Após dar entrada oficial na solicitação de resposta, César Augusto foi informado que em 30 dias seria comunicado sobre o acontecimento. No entanto segundo a vítima, já se passaram 36 dias desde que foi cobrar alguma responsabilidade em cima de quem dirigia o veículo."36 dias agora hoje não tive nenhuma resposta ainda do órgão responsável e também faz 15 dias que eu fui lá prestei uma queixa diretamente lá na Destra e até agora nenhuma resposta, nenhuma solução e nem que foi o causador do acidente", contou.

Ainda de acordo com César, ele pilotava uma motocicleta por volta das 12h do dia 30 de outubro quando um carro oficial da autarquia bateu nele. Além disso, ele afirmou que o motorista da viatura não teria prestado socorro. Um mês do acidente, o vendedor ainda apresenta marcas pelo corpo. 

O advogado especialista em trânsito Guilherme Araújo fala sobre o caso. “É um dever de todos os órgãos que compõem o sistema nacional do trânsito proceder com a reparação de danos em casos de acidente independemente de culpa. Isso é uma previsão que consta no código de trânsito brasileiro em que todos os órgãos tem o dever de reparar qualquer dano que porventura venha a causar a um cidadão. Só casos que o acidente ocorre com culpa exclusiva da vítima é que realmente o órgão não tem obrigação de ajudar, porém deve prover toda a assistência e informações, que é o que se espera dele”, relatou.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Destra informou que o órgão está ciente do ocorrido e comunicou que uma investigação interna está sendo realizada. 

 Confira matéria do Por Dentro

Mais Lidas