menu

Empresas são denunciadas por não pagarem primeira parcela do 13º

Empresa que não fez pagamento ou o fez fora do prazo está sujeita a multa

Trabalhadores do mercado formal representam 57,6% do total de beneficiados pelo pagamento do 13º salário
Primeira parcela do 13º salário deveria ter sido paga até o dia 30 de novembro (Agência Brasil )

Dezoito empresas foram catalogadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, por não terem efetuado o pagamento da primeira parcela do 13º salário dentro do prazo estabelecido por lei (até o dia 30 de novembro).

O auditor fiscal do órgão na cidade, Francisco Reginaldo, disse que o número representa em torno de 18% em relação ao total de denúncias do ano passado.

"É um número relativamente normal, esperamos que com relação ao pagamento da segunda parcela, que se encerra em 20 de dezembro, este volume de denúncias caia", afirmou.

De acordo com ele, caso no curso da autoria fiscal ficar evidente que a empresa não fez o pagamento ou o fez fora do prazo, esta está sujeita a penalidade de R$ 171 por cada empregado prejudicado.

Empresas são denunciadas por não pagarem primeira parcela do 13º

  • 06/12/2019 16:06
Dezoito empresas foram catalogadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, por não terem efetuado o pagamento da primeira parcela do 13º salário dentro do prazo estabelecido por lei (até o dia 30 de novembro). 1 minuto e 11 segundos