Insegurança

Camocim de São Félix tem aumento de 50% no número de homicídios

Até agora, foram 15 assassinatos na cidade em 2019

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 10/12/2019 às 20:03
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

A cidade de Camocim de São Félix, no Agreste de Pernambuco, registrou um aumento de 50% no número de homicídios. Em 2018, 10 pessoas foram assassinadas. Já este ano, até agora, foram 15 mortes. Só no último fim de semana foram três pessoas assassinadas, entre elas uma vítima de latrocínio.

Dois jovens foram mortos na noite da última sexta-feira (6) no bairro Novo quando voltavam de uma quadra de esportes. Robson Sérgio dos Santos, 24 anos, e o amigo Matheus Lopes Frazão, 18, foram abordados no caminho por pessoas em um veículo. O crime foi próximo à casa da avó de Robson, que o criava como filho. "Estou morta, como se tivesse sido eu. Ele era muito bom, feito ouro", lamentou Rita Silva.

Também no fim de semana, o barbeiro Genildo Eulino Macedo, 47 anos, foi assassinado em uma estrada da zona rural do município quando voltava para casa de motocicleta. Os suspeitos roubaram a moto.

Entre os crimes de maior repercussão este ano na cidade está o da adolescente Dartaniele Emanuela, morta no dia 23 de setembro quando chegava em casa. "A dor continua, cada vez que vão passando os dias, as dores vão aumentando", lamentou a mãe, Alcilene Rodrigues, que passa os dias chorando e tomando remédios controlados.

De acordo com a Polícia Militar, ações estão sendo realizadas na cidade para reforçar a segurança. "Nós vamos focar o policiamento do Gati, principalmente, em Camocim para que a população tenha tranquilidade até o final do ano", disse o capitão do 4º Batalhão da Polícia Militar, Ivo Júnior.

Mais Lidas