Altas temperaturas

Calor traz opções de negócios para vendedores de Caruaru

Comerciantes lucram bastante nesta época do ano

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 11/12/2019 às 17:32
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Os vendedores de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, estão aproveitando o clima quente na cidade para fazer negócios. Os produtos mais procurados nesta época do ano são água, dudu, sorvete; enfim, qualquer opção que faça o cliente se refrescar. O ambulante Geronildo Oliveira chega a vender 10 pacotes de água por dia, um total de 120 garrafinhas de 500 ml.

A água de côco também é bastante procurada quando a sensação de calor aumenta. Maria de Fátima parou para comprar o côco quando voltava da academia. "Toda vez que eu venho para cá, sempre compro água de coco aqui. Está muito quente", disse. Conhecido como Didi do Côco, o vendedor chega a vender 200 côcos de R$ 1 por dia.

Quem gosta de apreciar opções mais doces procura dudus ou sacolés. Após ter o carro que fazia transporte escolar roubado, o motorista Jefferson e a esposa decidiram fazer dudus gourmet. A empresa existe há três anos e faz sucesso, principalmente nesta época do ano. "Nós precisávamos de uma renda extra, minha esposa trabalhava e queria uma renda extra para agregar valor na vida da gente", relembrou.

Os dudus, que custam R$ 3, têm sabores variados, como ninho com Nutella, delícia de abacaxi, danoninho, creme de goiabada, entre outros. O casal já chegou a vender mais de 1 mil dudus em apenas um dia. As pessoas mais tradicionais preferem procurar os carrinhos de sorvete, como o de seu Biu, que circula pelo centro da cidade. Os valores variam entre R$ 1,50 e R$ 3.

Veja na reportagem do "Por Dentro", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas