Tentativa de homicídio

Prefeito de Petrolina cobra investigação rápida após atentado contra secretário

Secretário executivo de Transportes sofreu tentativa de homicídio na manhã desta quarta

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 11/12/2019 às 16:42
NOTÍCIA
Alexandre Justino/Divulgação/Prefeitura de Petrolina
FOTO: Alexandre Justino/Divulgação/Prefeitura de Petrolina
Leitura:

O prefeito de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, Miguel Coelho, cobrou uma investigação rápida sobre a tentativa de homicídio contra o secretário executivo de Transporte do município, José Carlos Alves. José Carlos foi vítima de uma emboscada na manhã desta quarta-feira (11), quando saía de casa para o trabalho em um carro.

O secretário foi atingido por quatro tiros, na cabeça, no tórax e no braço. De acordo com a prefeitura, ele não corre o risco de morrer. Miguel Coelho informou em coletiva de imprensa que procurou o governador Paulo Câmara e o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, para falar sobre o caso.

O prefeito disse ainda que dará toda a atenção à família do secretário. Ele visitou a vítima no hospital. José Carlos passou por cirurgia para remoção das balas.

O médico responsável pelo atendimento, Antonio Vinicius, afirmou que a situação do secretário é estável. "Ele já acordou, está falando e passará uns dois ou três dias na UTI e até dez dias internado. O estado dele inspira cuidados, mas está sob controle", explicou.

Secretário executivo da AMMPLA José Carlos
Secretário executivo da AMMPLA José Carlos
Blog do Waldiney Passos

Investigações

Ainda não há informações sobre a autoria nem a motivação da tentativa de homicídio. O delegado Gregório Ribeiro esteve no local do crime e afirmou que algumas informações estão desencontradas e o caso será apurado.

Mais Lidas