menu

Feiras de fim de ano continuam atraindo clientes em Caruaru

Nos dias 22 e 23 de dezembro, as feiras serão realizadas normalmente

Feira da Sulanca teve movimentação tranquila nesta segunda
Feira da Sulanca teve movimentação tranquila nesta segunda (Reprodução/TV Jornal Interior)

Centenas de clientes estiveram pesquisando produtos com preços acessíveis na manhã desta segunda-feira (16) na Feira da Sulanca, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Geralmente a feira é mais tranquila no segundo dia e movimentada no domingo (15). A Feira da Sulanca tem cerca de 12 mil feirantes fixos comercializando, além de 500 lojas no entorno.

O ambulante Ivanildo Antônio foi ao local nos dois dias. "Vale a pena, o lugar de comprar é aqui mesmo", garante. O também ambulante Gilmar Antônio saiu de Tacaimbó para procurar mercadorias. Para ele, o preço é bom para obter lucros.

O feirante Luiz Manoel avalia que várias pessoas de fora da cidade estão indo à feira. "Está dando para vender uma coisinha a mais", disse. Alguns feirantes, no entanto, preferiram não montar o banco na segunda-feira. Para o feirante Geraldo Florêncio, a feira de Caruaru não tem condições de funcionar em dois dias. "Na segunda-feira praticamente não existe, isso é mito. Não tem estrutura para isso. É só uma antecipação da feira", critica.

De acordo com o secretário Extraordinário da Feira, José Pereira, a feira da semana passada e a feira do domingo foram as maiores feiras de 2019. "Aproximadamente 100 mil pessoas estavam por aqui fazendo a feira, participando de todo esse complexo de feiras, a feira dos importados, a feira da confecção, a feira do plástico. A gente calcula que mais de R$ 80 milhões movimenta-se neste período em cada feira dessa", revelou.

Feiras de fim de ano continuam atraindo clientes em Caruaru

  • 16/12/2019 17:30
Centenas de clientes estiveram pesquisando produtos com preços acessíveis na manhã desta segunda-feira (16) na Feira da Sulanca, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. 3 minutos e 23 segundos

Próximas feiras

Nos dias 22 e 23 de dezembro, as feiras serão realizadas normalmente. A feira do dia 30, no entanto, foi antecipada para o dia 29 por causa da véspera de fim de ano. Além disto, a data acompanha o calendário das cidades vizinhas, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama. "Vai ser muito importante, estamos aqui aguardando, esse ano está sendo um ano maravilhoso, estão vindo muitos clientes de fora", disse o diretor do Sindicato dos Sulanqueiros, Paulo César.