Mudança

Projeto aumenta salários do prefeito, vice e vereadores de Santa Cruz

Câmara de Vereadores informou que a votação não diz respeito a quem está no exercício da profissão

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 16/12/2019 às 19:35
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

O projeto de lei 185/2019 deve aumentar o salário dos parlamentares da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. Aprovado na última quinta-feira (12) durante sessão plenária, o aumento será de R$ 6.200 para R$ 12.600. Além disto, o salário do prefeito pode passar de R$ 13 mil para R$ 20 mil e o do vice-prefeito, de R$ 6 mil para R$ 13 mil.

Dos 17 parlamentares, apenas um vereador votou contra o projeto de lei, Capilé da Palestina. Ele explicou que em 2016 um aumento de salário foi votado e aprovado para que os vereadores recebessem R$ 9.800, mas um advogado teria entrado com um recurso e os vencimentos voltaram a ser de R$ 6 mil, mesma quantia paga desde 2009.

"O aumento foi dado em cima da porcentagem referente ao salário de R$ 9.800. Eu fui fazer umas contas e é algo em torno de 28% a mais no salário dos vereadores. Diante disso, me coloquei contrário", disse o parlamentar.

Em nota, a Câmara de Vereadores esclareceu que a votação de agora não diz respeito a quem está no exercício da profissão, e sim para quem for eleito no exercício de 2021 a 2024, e que cabe a população escolar os representantes que irão receber os novos salários.

Já a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe informou que ainda não recebeu a lei, uma vez que a Câmara de Vereadores dispõe de um prazo legal de 15 dias úteis para fazer o encaminhamento. A nota diz ainda que o Poder Executivo vai analisar os critérios da legalidade e constitucionalidade para dar seguimento ao procedimento.

A população não parece ter ficado satisfeita com o aumento. "Do jeito que as coisas estão, o salário mínimo subiu pouco e para eles que já ganham bem, ganhar mais, acho injusto", lamentou uma moradora ouvida pela TV Jornal Interior.

Veja na reportagem do "TV Jornal Notícias", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas