Notas Falsas

Empresas tomam medidas para evitar receber notas falsas

Dinheiro falso está sendo comercializado livremente pela internet

Pedro Hierro
Pedro Hierro
Publicado em 17/12/2019 às 17:20
NOTÍCIA
Foto: Divulgação/Polícia Federal
FOTO: Foto: Divulgação/Polícia Federal
Leitura:

A popularização da venda online vem crescendo a passo largos já há algum tempo. Qualquer produto pode ser encontrado à disposição dos consumidores, porém um anúncio inusitado pode ser encontrado em algumas plataformas: a venda do dinheiro falso está sendo comercializada livremente pela internet. Segundo a Polícia Federal (PF), que teve acesso a uma conversa entre fornecedor e um possível comprador, as notas falsas são envelhecidas para não levantar suspeitas.

O delegado da PF Márcio Tenório comenta sobre essa venda online. “Há algum tempo atrás as quadrilhas e as pessoas envolvidas na produção de cédulas falsas não faziam o uso tão maciço das redes sociais como se está sendo observado. Pelo menos de um ano para cá a PF tem monitorado páginas e redes sociais, como o Facebook, e identificou a atuação dessas quadrilhas em nível nacional, para identificar os produtores dessas cédulas, para onde elas estão sendo destinadas e quem são os destinatários que estão comercializando”, informou.      

O fim de ano é um período em que o consumo está em alta, por conta disso diversos empreendimentos estão tomando medidas para não receberem notas falsas. A caixa de um desses estabelecimentos, Mayara Keroli, comenta sobre os riscos que eles sofrem. “Já estou acostumada, porque várias vezes já tentaram passar notas falsas aqui. Inclusive nós até recebemos algumas sem saber. Sempre são notas altas e temos muito prejuízo com isso”, relatou.

As similaridades começam a aumentar a cada ano e os cuidados tem que ser aumentados para as pessoas não receberem este dinheiro falso. Algo que os falsificadores não conseguem copiar são as marcas d'água presentes na nota, sendo assim uma solução para evitar este golpe.

Confira matéria do Por Dentro

Mais Lidas