Comércio

Situação da parte elétrica do Parque 18 de Maio preocupa vendedores

Fiação antiga e gambiarras fazem parte de setores da feira

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 19/12/2019 às 9:45
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

A situação do Parque 18 de Maio em Caruaru, no Agreste pernambucano, é precária. Fiação antiga e gambiarras fazem parte de vários setores. O estado da rede elétrica tem sido causador de diversos problemas, como a constante falta de energia. Comerciantes e clientes estavam utilizando lanternas para tentar enxergar os produtos no setor dos Importados.

A vendedora Juliana Costa trabalha na área há anos e afirma que o problema ocorre há muito tempo. "São bastantes gambiarras. Isso é uma situação preocupante, porque aqui a maioria dos bancos são de madeira e, pode acontecer um incêndio por causa da fiação. Todo dia, a gente sai, fecha e entrega a Deus", conta.

Uma outra vendedora, que comercializa na área da Brasilite há mais de 20 anos, próximo ao local onde ocorreu o incêndio em maio deste ano, diz que é preocupante trabalhar nessas condições. "A maioria das vezes na feira tem princípio de incêndio, fora as vezes que realmente ocorreu incêndio e destruiu barracas. É muito preocupante para a gente.

Por meio de nota, a Secretaria de Serviços Públicos afirmou que finalizou a primeira etapa da requalificação da parte elétrica no parque com a implantação de 60 postes em todo local. A segunda etapa será iniciada com a instalação de mais de três mil metros de cabos de energia nos setores de ferragens, confecções e miudezas. A Secretaria ainda informou que, nesta etapa, serão removidas todas as gambiarras encontradas na área.

Veja a reportagem:

Mais Lidas