Abastecimento

Moradores de Caruaru reclamam que pagam conta e não recebem água

Rodízio de abastecimento é de cinco dias com água e 15 sem

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 26/12/2019 às 19:39
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Com rodízio de abastecimento de água já apertado, de cinco dias com água e 15 sem, alguns moradores de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, estão enfrentando mais de 30 dias sem receber o líquido pela rede.

Na Rua Tertuliano Farias, no bairro das Rendeiras, os moradores estão com a conta em dia, mas a água não chega. Na casa do aposentado João José, por exemplo, as caixas estão vazias. "A conta eles não esquecem de mandar. É esse aperreio todo mês", lamentou.

O eletricista Washington Luiz se vira como pode e precisa achar soluções quando a água acaba. "Quem não compra tem que ficar pedindo aos vizinhos, não tem a quem recorrer", disse.

No bairro Santa Rosa, a dona de casa Shirley Silva enfrenta o problema de abastecimento há quase dois meses. Com a mãe de 91 anos acamada, ela precisa de água para dar banho na idosa e higienizar roupas e lençóis. "A falta d'água aqui é constante, mais de dois meses. A gente compra caminhão de água, R$ 110 cada caminhão. Vem R$ 70 de água sem a gente gastar um pingo", afirmou.

Veja na reportagem do "Povo na TV", da TV Jornal Interior:

A Companhia Pernambucana de Saneamento foi procurada pela produção da TV Jornal Interior, mas a emissora não obteve retorno.

Mais Lidas