Economia

Cesta básica registra alta em novembro em Caruaru

Valor da alimentação básica da cidade passou de R$ 264,26 para R$ 273,28

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 30/12/2019 às 18:39
NOTÍCIA
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

A cesta básica de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, registrou uma alta de 3,41% em novembro, de acordo com a pesquisa mensal feita por alunos de Ciências Contábeis e Gestão Financeira do Centro Universitário Unifavip/Wyden. De acordo com o levantamento, no mês passado, o valor da alimentação básica da cidade passou de R$ 264,26 para R$ 273,28.

De acordo com a coordenadora da pesquisa, professora Eliane Alves, os itens que mais influenciaram na alta do valor total da cesta foram o feijão e a carne. O óleo e o café também tiveram altas significativas. Já o tomate e a banana, que por vários meses foram "vilões", evitaram uma alta mais significativa da cesta em novembro.

O levantamento revelou que uma família de Caruaru deveria receber um salário mínimo de R$ 2.295,82 em novembro para a aquisição dos gêneros alimentícios básicos e outros itens que garantem a sobrevivência digna do grupo familiar. Este valor é cerca de 2,3 vezes maior do que o salário mínimo de R$ 998 que atualmente está em vigor.

Já com relação às horas trabalhadas, o assalariado de Caruaru utilizou 28,65% do tempo trabalhado (61 horas e 34 minutos) para arcar apenas com as despesas de alimentação. O cálculo considera a jornada oficial indicada pelo Ministério do Trabalho de 220 horas mensais.

Capitais brasileiras

Segundo a Pesquisa Nacional da Cesta Básica, realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), houve redução dos preços dos gêneros alimentícios em nove capitais e aumento em sete (das 16 pesquisadas). O aumento mais expressivo foi registrado em Vitória (7,89%) e o menor em Porto Alegre (-2,03%).

Ainda entre as capitais, a cesta mais cara foi a de Florianópolis, pelo terceiro mês consecutivo (R$ 478,68), e a mais barata foi a de Aracaju (R$ 325,40). A cesta básica de Caruaru continuou a apresentar um valor menor do que a do Recife, uma diferença de R$ 81,36.

Mais Lidas