Economia

Última feira do ano tem balanço positivo em Caruaru

Feira da Sulanca abriu nos domingos e segundas de novembro e dezembro

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 30/12/2019 às 17:11
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

A última Feira da Sulanca do ano, nesta segunda-feira (30), foi de balanço positivo em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Nos últimos dois meses, a feira funcionou nos domingos e segundas, atraindo cerca de 100 mil pessoas por dia e movimentando em torno de R$ 300 milhões.

Para o presidente da Associação dos Sulanqueiros, Pedro Moura, o pagamento do 13º salário e a liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) colaboraram para as vendas no Polo de Confecções do Agreste: "O crescimento das vendas foi entre 8 a 10%, estamos ainda tabulando. Realmente foi dentro da expectativa", avaliou.

Nesta segunda, havia muita gente procurando peças para o Réveillon, como a vendedora Tatiane Paula. "Roupas para mim, para os meus filhos, para minha sobrinha. Estou encontrando", revelou. A sulanqueira Valda Ferreira achou o movimento melhor à tarde e à noite no último domingo (29).

O autônomo Everaldo Simões esteve na feira para pegar os produtos que irá revender porta-a-porta: "Eu vim pegar os pedidos, levar e ainda hoje vou entregar". O sulanqueiro Gerônimo Lima achou que as vendas poderiam ser melhores do que realmente foram, mas está otimista: "A gente espera começar o próximo ano com o pé direito".

Já o feirante Felipe Renato ficou com o banco vazio e vendeu quase tudo. "Este ano foi muito bom em relação ao ano passado, devido às feiras serem no domingo também ajudou bastante. E teve uma grande movimentação de clientes que vieram da região, Recife, Maceió. Não tenho o que reclamar", relatou. Os feirantes entram em recesso e retornam na segunda quinzena de janeiro.

Mais Lidas