menu

Mulher é estuprada e agredida após aceitar carona; polícia investiga

Vítima disse à polícia que foi estuprada e agredida pelo suspeito

O crime aconteceu no dia 20 de setembro, mas só foi denunciado à polícia nessa segunda-feira (30)
Vítima teria sido estuprada e agredida pelo suspeito (Reprodução)

A Polícia Civil de Águas Belas, no Agreste de Pernambuco, vai investigar um suposto caso de estupro e agressão na zona rural do município, por volta das 22h30 desse domingo (12). De acordo com a polícia, o suspeito ofereceu carona à vítima e disse que a levaria do Sítio Menino de Fora até a cidade.

Porém, segundo o relato da vítima à polícia, quando chegou no antigo curral do gado, o suspeito desceu da motocicleta, tirou a roupa dela à força e a estuprou. A mulher conseguiu chegar na PE-300, mas foi alcançada pelo suspeito, que queria que ela voltasse para a moto.

A vítima negou-se a voltar para o veículo e foi agredida com socos no rosto e na cabeça. O suspeito fugiu ao ver outra pessoa se aproximar em uma motocicleta. A mulher fez um exame traumatológico e um inquérito foi aberto para apurar o caso.