menu

Entrega de smartphones deve ajudar no combate à dengue em PE

Em 2019, foram registrados 20.448 casos confirmados da doença

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde menina morre suspeita de Dengue.
Estados do Nordeste podem enfrentar surto de dengue (Divulgação/Agência Brasil)

A entrega de 498 smartphones para os agentes de endemias da 4ª Gerência Regional de Saúde (Geres) deve colaborar no combate às arboviroses em Pernambuco.

De acordo com a gerente de vigilância de arboviroses de Pernambuco, Claudenice Pontes, atualmente os agentes cadastram a situação ambiental de cada imóvel em uma planilha, que precisa ser verificada por supervisores para ser digitada, processo que é demorado.

"Através desse equipamento, ele vai digitar diretamente no aparelho smartphone e essas informações vão chegar em tempo real para o município e o Estado, podendo agilizar todas as ações necessárias naquela localidade", explicou.

Possibilidade de surto

De acordo com o Ministério da Saúde, todos os estados do Nordeste, inclusive Pernambuco, podem enfrentar um surto de dengue a partir de março deste ano. Outros estados que podem sofrer com a doença são o Rio de Janeiro e o Espírito Santo.

"O Nordeste se preocupa porque o verão intenso e as altas temperaturas favorecem a proliferação", destaca a gerente de vigilância de arboviroses de Pernambuco, Claudenice Pontes.

Em 2019, foram registrados 20.448 casos confirmados da doença e 12 mortes associadas à dengue em Pernambuco, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Os números representam um aumento de 170%, em comperação com 2018.