Preços

Material escolar: como pagar mais barato? Veja dicas

Algumas medidas podem ser tomadas para economizar já no início do ano

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 21/01/2020 às 19:08
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

O material escolar é um peso grande no bolso de quem tem filhos. Porém, desde o recebimento da lista até o momento do pagamento, algumas medidas podem ser tomadas para economizar já no início do ano.

O ideal mesmo é se planejar para este gasto: como todos os anos é preciso comprar itens escolares novos, os pais e responsáveis devem reservar este valor ao longo do ano anterior.

Guardar o custo com a lista do ano que passou também é interessante para se ter uma ideia do que será gasto. Porém, para as pessoas que não fizeram a economia ao longo do ano, é possível comprar de forma consciente e gastar menos dinheiro.

Veja algumas dicas:

- Verifique o material que já tem em casa: grande parte dos itens escolares pode estar em bom estado e ser reutilizado pela criança no ano seguinte. Materiais como régua, tesoura, apontador de lápis, entre outros podem ser usados por mais um ano, além da bolsa. É o caso da dona de casa Roberta Rubia, que tem duas filhas: "Se você for comprar tudo todo ano, não dá. Aproveitei lápis de cera da maior para a menor. Estando bom, dá para usar".

- Customização: muitas crianças não gostam de utilizar os mesmos cadernos para o ano seguinte. Os pais e responsáveis podem incentivar os pequenos a customizar os materiais com itens que sobraram do outro ano, por exemplo.

- Não deixe para última hora: quem não conseguiu comprar em dezembro deve usar os primeiros dias do ano para adquirir o material. Assim, é possível olhar os preços com calma e evitar o grande movimento das livrarias e papelarias.

- Analise a lista de materiais exigidos pela instituição, as quantidades e especificações para saber se serão de uso da criança ou da escola.

- Faça pesquisas: o ideal é procurar em pelo menos três lojas antes de ir para o caixa. É possível apresentar os valores dos outros estabelecimentos para tentar fazer negociações.

- Converse com outros pais: grupos de WhatsApp podem ser bastante úteis para trocar informações com pais de outros alunos. Também é possível tentar comprar um volume maior de materiais em conjunto para conseguir descontos.

- Os pais e responsáveis também podem pesquisar os valores dos itens da lista na internet, o que dependendo do preço da entrega pode ser mais vantajoso.

- Forma de pagamento: O pagamento no cartão de crédito pode não ser vantajoso por causa dos juros. Por isto é melhor fazer um planejamento financeiro antecipado.

Mais Lidas