Curiosidades

Afinal, por que faz tanto calor quando está nublado?

Relação é bastante comum e sempre vem antes daquela chuvinha aliviante

Antonio Virginio Neto
Antonio Virginio Neto
Publicado em 22/01/2020 às 20:25
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

Relacionar o calor aos dias nublados é algo comum no dia a dia daqueles que vivem tentando fugir do tempo mais quente. Entretanto, uma das situações mais observadas antes daquela chuvinha aliviante é essa temível dupla. Afinal, por que faz tanto calor quando está nublado?

Segundo o Roberto Pereira, metereologista da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), os raios de sol ficam presos na nuvens cinzentas. "Enquanto as nuvens, que são essencialmente água, se formam, a quantidade de vapor é dispersada no ambiente e muda de estado gasoso para o liquido para que a chuva ocorra. Isso faz com que o ambiente fique mais úmido e saturado, fazendo com que seja mais difícil suar", comenta.

Essa umidade, que é necessária para que se tenha certo conforto climático, faz com que o tempo fechado torne tudo ainda mais difícil. Mesmo em um dia nublado, que é considerado "sem sol" por muitos, o gigante amarelo ainda está lá tendo apenas 30% dos seus raios quentes filtrados pelas nuvens. Isso faz com que o restante dessa carga de radiação seja recebida e absolvida pelo solo, sem chances de ser refletida e dispersada de volta para o espaço.

De acordo com Roberto Pereira, as nuvens carregadas tem um dedo de culpa nessa dificuldade de dispersão do calor. "Neste caso, as nuvens agem como uma "tampa" e impedem que esse calor que está entrando saia". Ainda segundo o metereologista, tudo isso acontece também porque as nuvens com capacidade para carregar a chuva se formam muito próximo ao solo, cerca de 200 metros. Isso faz com que a sensação quente fique ainda mais aquecida nessa camada.

Essas nuvens baixas, podem desenvolver-se em Cumulonimbus, que são as temidas "nuvens de tempestade", responsáveis por grandes volumes de água e descargas elétricas.

Veja vídeo

Mais Lidas