Morte

Motociclista morre após ser atingido por linha com cerol no Recife

Vítima voltava para casa quando foi atingido

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 23/01/2020 às 9:49
NOTÍCIA
Alexandre Lopes/Acervo JC
FOTO: Alexandre Lopes/Acervo JC
Leitura:

Um motociclista de 54 anos morreu após ser atingido por uma linha com cerol na BR-101, no bairro da Iputinga, na zona norte do Recife. O caso ocorreu nessa terça-feira (21), mas o corpo foi velado nessa quarta-feira (22).

Jadson José da Silva Maia estava voltando para casa após o trabalho quando o caso ocorreu. Ele foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Caxangá, mas não resistiu e faleceu.

"É muito triste. É uma morte tão horrível, ele não merecia morrer desta forma. Tem que ter uma providência, tem que ter uma punição, uma fiscalização muito séria, porque do jeito que aconteceu com ele, pode acontecer com outras pessoas", afirmou a irmã da vítima, Ana Luíza Maia, em entrevista à Rádio Jornal.

Acidentes com cerol

Em setembro do ano passado, um major da Polícia Militar (PM) foi atingido por um cerol na Zona Sul do Recife. O PM passava pela rua Rua Moel de Brito quando foi atingido pela linha e teve um corte profundo na testa. A vítima foi socorrida no momento do corte, recebeu diversos pontos na região atingida e recebeu alta. Dois homens foram presos suspeitos de ser os donos do produto.

Em outubro, um motociclista de 52 anos foi atingido por uma linha com cerol na descida do bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, em Recife. A vítima quase morre após ter uma artéria atingida pelo fio e teve parte da mão esquerda arrancada, assim como uma artéria atingida pelo corte.

Em Caruaru, no Agreste do estado, em setembro de 2018, um menino de sete anos foi ferido gravemente por uma linha de pipa com cerol. Após o caso, o pai da vítima procurou a Delegacia de Polícia Civil da cidade onde prestou queixa sobre o ocorrido. De acordo com a Polícia Civil, o menino estava andando de bicicleta pelo Condomínio Portal do Agreste, próximo a Vila Kennedy, quando foi atingido pela linha no pescoço. A criança foi levada para o Hospital Regional do Agreste (HRA). A criança passou por uma cirurgia de urgência, mas e teve alta.

Orientação

O Corpo de Bombeiros orienta para quem empina pipas que não utilize linhas cortantes, além de não brincar perto de rede elétrica e evitar dias de chuva e lugares movimentados.

Mais Lidas