menu

Academias irregulares são interditadas no Sertão de PE

Fiscalização foi realizada em 120 academias em 34 municípios

Academias que funcionavam sem profissionais qualificados ou de forma clandestina foram interditadas
Academias que funcionavam sem profissionais qualificados ou de forma clandestina foram interditadas (Divulgação/CREF12-PE)

Uma equipe de fiscalização do Conselho Regional de Educação Física da 12ª região de Pernambuco, com o apoio da Políca Militar e Vigilância Sanitária de Petrolina, no Sertão, interditou 22 academias na região. Ao todo, foram 120 academias fiscalizadas em 34 municípios, na operação "Carcará". Os estabelecimentos interditados não tinham profissional de educação física atuando. Outros 55 foram notificados por funcionarem de forma clandestina. Entre as pessoas fiscalizadas, 21 foram notificadas por exercício ilegal da profissão.

A operação visitou ainda 22 escolas da rede estadual e municipal, para verificar as condições estruturais dos locais reservados à prática de atividades físicas e esportivas, além do registro de professor no CREF12-PE.

As cidades percorridas foram: Serra Talhada, Salgueiro, Ouricuri, Petrolina, Afogados da Ingazeira, Mirandiba, Cedro, São José do Belmonte, Carnaíba, Tuparetama, Santa Terezinha, Terra Nova, Verdejante, Parnamirim, Flores, Triunfo, Tabira, Serrita, Sertânia, São José do Egito, Araripina, Trindade, Santa Cruz da Baixa Verde, Iguaracy, Custódia, Ingazeira, Santa Cruz, Calumbi, Moreilândia, Ipubi, Itapetim, Inajá, Manari e Betânia.

Denúncias

De acordo com o CREF12-PE, o registro profissional é a prova de que o professor tem habilitação técnica e científica para uma prescrição de treino segura e de qualidade. Denúncias podem ser feitas através do número (81) 3314.7321 ou pelo e-mail fiscalizacao@cref12.org.br.