menu

Mulheres ocuparão 60% das vagas em nova fábrica instalada em Bonito

Multinacional japonesa será construída no município e deve gerar 1,6 mil empregos

Mulheres vão ocupar 60% das vagas em nova fábrica de Bonito
Mulheres vão ocupar 60% das vagas em nova fábrica de Bonito (Divulgação/Blog do Jamildo)

Uma multinacional de origem japonesa Yazaki será construída em Bonito, no Agreste pernambucano, e deve gerar 1,6 mil empregos diretos após instalação. A empresa desenvolve e fabrica chicotes automotivos, além de diversos produtos para o setor automotivo. As negociações foram seladas nessa quinta-feira (30), no Palácio do Campo das Princesas. 

O presidente da Yazaki Mercosul, Lázaro Figueiredo, foi recebido pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara. O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, o presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Roberto Abreu e Lima, e o prefeito de Bonito, Gustavo Adolfo, também estiveram presentes na ocasião.

As instalações da fábrica vão utilizar os moldes da planta instalada em Sergipe, que é composta por mais de 90% da mão de obra local. De acordo com a Yazaki, que cerca de 60% das vagas que serão abertas devem ser preenchidas por mulheres. Para a empresa, o trabalho exercido por elas tem um melhor aproveitamento para produção de manufaturados e outros produtos automotivos.

Para Roberto Abreu, presidente da Ad Diper, o número de empregos gerados pela chegada da multinacional é importante. “Acreditamos que o investimento é certeiro e vai se refletir na mudança da economia local. O volume de empregos que será gerado é muito significativo, em especial por conta da maioria feminina e do primeiro emprego para os jovens”, destaca.

A expansão da multinacional está ligada ao crescimento da produção de veículos da FCA e à nova rodada de investimentos da cadeia produtiva local, com aportes privados que chegam a R$ 7,5 bilhões até o ano de 2023, implicando na geração de mais 9 mil empregos diretos.