menu

Morte de secretário de Tamandaré pode ter sido crime passional

Vítima foi morta com dois tiros na nuca

Ailton Boafirma foi encontrado morto
Ailton Boafirma foi encontrado morto (Divulgação/Prefeitura de Tamandaré)

A Polícia Civil está investigando a morte do secretário executivo de Eventos de Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco, Ailton Boafirma, ocorrida na manhã dessa segunda-feira (10). O corpo foi encontrado pelo irmão em casa. A vítima foi morta com dois tiros na região da nuca.

Uma das linhas de investigação da polícia aponta a possibilidade de ter se tratado de um crime passional. A sala da casa onde o corpo do secretário foi encontrado estava com marcas de sangue, porém não foram encontrados sinais de espancamento, de acordo com a perícia. A investigação está a cargo do Delegado Titular de Tamandaré, Tiago Gontijo. O Instituto de Criminalística foi acionado e o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife no começo da tarde dessa segunda-feira.

A Prefeitura de Tamandaré emitiu uma nota afirmando que Ailton era um profissional competente e que se solidariza com os familiares dele. "Com profundo pesar, a Prefeitura de Tamandaré vem a público, em nome do prefeito Sérgio Hacker, secretários e servidores, manifestar à família enlutada, o mais profundo sentimento de pesar e solidariedade à família e amigos do servidor Ailton Boafirma (Secretário Executivo de Eventos), falecido nesta segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020. Uma perda irreparável, deixando lições de profissionalismo e competência.

Comprometido com zelo no auxílio à gestão, cuidando das pessoas, deixando muitas lições de amor, amizade e humildade. Neste momento de dor, nos solidarizamos com familiares, ratificando nosso voto de pesar e agradecimento à dedicação e trabalho prestado no município."

Notícias policiais da TV Jornal Interior

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal Interior.