Educação

Veja as datas da edição impressa e digital do Enem 2020

Inscrições começam no dia 11 de maio deste ano

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 31/03/2020 às 14:33
NOTÍCIA
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
FOTO: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Leitura:

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 serão aplicadas em 11 e 18 de outubro na versão digital e em 1º e 8 de novembro, na versão impressa. As inscrições para ambas as versões serão realizadas de 11 a 22 de maio. Os dois editais foram publicados na edição desta terça-feira (31) do Diário Oficial da União (DOU) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC). De acordo com o Inep, as datas da prova digital saíram erradas e o edital será retificado.

A estrutura do Enem 2020 não será alterada: será mantida a aplicação de quatro provas objetivas, com 45 questões cada, e uma redação. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol) para a prova de linguagens e códigos.

As inscrições poderão ser efetuadas na Página do Participante, no site do exame ou no aplicativo Enem. O candidato que optar por fazer o Enem impresso não poderá realizar a prova na edição digital. Não será possível alterar a opção após a conclusão da inscrição.

A taxa para se inscrever no exame será de R$ 85 e deverá ser paga até o dia 28 de maio, através de Guia de Recolhimento da União (GRU) em qualquer banco, casa lotérica ou agência dos Correios. O valor não teve alteração com relação ao ano passado. De acordo com o MEC, este ano será obrigatória a inclusão de uma foto atual do participante no sistema de inscrição. A imagem poderá ser utilizada para o procedimento de identificação.

Enem Digital

Este ano será o primeiro no qual o Enem Digital será realizado. A ideia é que, de forma progressiva, este tipo de exame seja realizado para todos os estudantes até 2026. No primeiro ano, até 100 mil pessoas poderão fazer a prova neste modelo; que serão os primeiros 100 mil candidatos a escolherem esta opção. A estrutura do exame será igual à da versão impressa.

Mais Lidas