Covid-19

Número de mortes por coronavírus sobe para 10 em Pernambuco; casos somam 136

Nas últimas 24 horas, houve aumento de 120% na testagem

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 03/04/2020 às 11:42
NOTÍCIA
Marcello Casal Jr./ABr
FOTO: Marcello Casal Jr./ABr
Leitura:

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) confirmou mais 30 casos do novo coronavírus (covid-19) nas últimas 24 horas e agora tem 136 casos da doença, com 10 mortes. Os números são do balanço mais recente, divulgado nesta sexta-feira (3).

A nova morte confirmada neste boletim (são 10 no total) é de uma mulher de 51 anos que morava no Cabo de Santo Agostinho. Ela foi atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ipojuca no dia 31 de março. Ela chegou a ser entubada, mas não resistiu e morreu. A paciente era fumante e já tinha sido atendida na UPA por problemas respiratórios.

Os casos confirmados da Covid-19 estão distribuídos por 14 municípios: Recife (92), Jaboatão dos Guararapes (8), Olinda (6), Camaragibe (4), Cabo de Santo Agostinho (2), Paulista (3), São Lourenço da Mata (3), Palmares (1), Belo Jardim (1), Caruaru (1), Petrolina (2), Ipubi (1), Aliança (1), Goiana (1). Também há casos no Arquipélago Fernando de Noronha (5) e casos de pacientes de outros estados (2) e países (3) atendidos em Pernambuco.

Do total de 136, 45 estão internados, sendo 19 em UTI/UCI e 26 em leitos de isolamento. Outros 64 estão isolados em casa e 17 já se recuperaram da doença.

Ampliação dos testes

De acordo com a SES, nas últimas 24 horas houve ampliação de 120% das testagens na rede pública, o que fez com que o número de confirmações aumentasse. Além disto, laboratórios privados que fizeram a testagem, tanto nos casos leves como nas Síndromas Respiratórias Agudas Graves (Srag), voltaram a ter capacidade de testagem e passaram a informar a pasta sobre os resultados.

Sintomas

O Covid-19 é similar a uma gripe e é transmitido pela saliva, espirro, tosse ou aperto de mãos. Os principal sintomas do coronavírus são febre, tosse e falta de ar. Caso apresente os sintomas, a orientação é ligar 136 ou procurar uma unidade de saúde na sua cidade.

Prevenção

A melhor forma de prevenir o novo coronavírus e outras doenças respiratórias é tomando algumas atitudes como: lavar bem as mãos frequentemente com água e sabão; utilizar álcool em gel 70% para higienizar as mãos caso não possa lavá-las; cobrir o nariz e a boca com um lenço descartável ao espirrar e tossir; usar o ombro ou braço para cobrir o espirro e a tosse; evitar tocar os olhos, nariz e boca quando as mãos não estiverem limpas; não compartilhar alimentos e objetos de uso pessoal como talheres, pratos, copos e garrafas; higienizar aparelhos celulares, tablets e controles remotos; manter ambientes bem ventilados, com portas e janelas abertas. Caso já esteja doente, evite locais fechados com muitas pessoas e o contato com idosos, gestantes e doentes crônicos.

Confira a forma correta de lavar as mãos, indicada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa):

1. Abra a torneira e molhe as mãos, evitando encostar na pia;
2. Aplique na palma da mão a quantidade suficiente de sabonete líquido para cobrir todas as superfícies das mãos;
3. Ensaboe as palmas das mãos, friccionando-as entre si;
4. Esfregue a palma da mão direita contra o dorso da mão esquerda (e vice-versa), entrelaçando os dedos;
5. Entrelace os dedos e friccione os espaços interdigitais;
6. Esfregue o dorso dos dedos de uma mão com a palma da mão oposta (e vice-versa), segurando os dedos, com o movimento de vai-e-vem;
7. Esfregue o polegar direito, com o auxílio da palma da mão esquerda (e vice-versa), utilizando movimento circular;
8. Friccione as polpas digitais e unhas da mão esquerda contra a palma da mão direita, fechada em concha (e vice-versa), fazendo movimento circular;
9. Esfregue o punho esquerdo, com o auxílio da palma da mão direita (e vice-versa), utilizando movimento circular;
10. Enxágue as mãos, retirando os resíduos de sabonete. Evite contato direto das mãos ensaboadas com a torneira;
11. Seque as mãos com papel toalha descartável, iniciando pelas mãos e seguindo pelos punhos.
*Para a técnica de higienização anti-séptica das mãos, seguir os mesmos passos e substituir o sabonete líquido comum por um associado a anti-séptico

Mais Lidas