Conta de luz

Deputados defendem ampliação da tarifa zero de energia elétrica

Parlamentares querem que tarifa zero não dependa de inclusão no CadÚnico

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 15/04/2020 às 11:20
NOTÍCIA
Beth Santos/Secretaria-Geral da PR
FOTO: Beth Santos/Secretaria-Geral da PR
Leitura:

Os deputados estão vendo alguns problemas no uso do Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal para conceder tarifa zero da conta de energia para famílias de baixa renda durante o período da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A Tarifa Social de Energia Elétrica é um benefício criado pelo Governo Federal para casas de famílias com baixa renda. Esse benefício reduz a tarifa de consumo de energia elétrica em até 65%. Para indígenas e quilombolas a redução é em até 100%.

O governo federal editou uma Medida Provisória para isentar beneficiários da Tarifa Social de Energia Elétrica de pagar a conta de luz entre 1º de abril e 30 de junho. A Câmara aprovou um projeto recentemente para incluir consumidores que já estão no CadÚnico automaticamente nos benefícios da tarifa social.

Porém, alguns deputados afirmam que nem todas as famílias que deveriam estão no CadÚnico. O deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), presidente da Comissão de Minas e Energia em 2019, diz que o Amazonas tem menos de 100 mil famílias no cadastro. Segundo ele, outras 500 mil famílias deveriam ter direito. A proposta do deputado é que a ampliação seja para todos que têm contas de até 220 quilowatt.

“Quem consome até 220 quilowatts paga mais ou menos R$ 200, no Amazonas é R$ 196, em termos de tarifa. Então esse consumidor que pagar R$ 200 deveria receber o benefício. E depois se trataria dessa questão do enquadramento”, explica.

Para o deputado Felipe Carreras (PSB-PE), as pessoas de camadas sociais menos favorecidas precisam ter direito à isenção da tarifa. “Os brasileiros, daquelas camadas sociais menos favorecidas, não sabem o dia de amanhã. Então aqueles que pagam a tarifa de energia elétrica social, quem consome até 220 quilowatts, devem ficar isentos do dia primeiro de abril a 30 de junho. Ele não sabe o dia de amanhã, inclusive se vai ter comida em casa", destaca ele.

*Fonte: Agência Câmara de Notícias

Tarifa social da Celpe pode ser solicitada pelo Whatsapp

Famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal com renda mensal menor ou igual a meio salário mínimo por pessoa poderão fazer a solicitação do benefício da Tarifa Social de Energia da Celpe por meio do Whatsapp. O número é (81) 3217.6990. É necessário informar o número da conta contrato da Celpe e o Número de Identificação Social.

Parcelamento da conta de luz no cartão de crédito

A Celpe vai oferecer o parcelamento da conta de energia elétrica em até 12 vezes no cartão de crédito, com o objetivo de evitar que as contas se acumulem por causa da crise gerada pelo novo coronavírus. A modalidade permite também a quitação em uma única vez à vista, sem juros. O pagamento pode ser efetuado no site da empresa. Veja o passo a passo para usar parcelamento.

Como emitir 2ª via de conta da Celpe?

Aqueles que desejam solicitar a segunda via de uma conta pela primeira vez podem passar por alguma dificuldade no processo. Entretanto, o recurso é simples. Confira o passo a passo.

Mais Lidas