Economia

Caixa paga auxílio emergencial para 3,3 milhões de pessoas nesta sexta

Saque em dinheiro começa a partir do dia 27 de abril

Agência Brasil Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 17/04/2020 às 9:46
NOTÍCIA
Marcelo Camargo/Agência Brasil
FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

A Caixa Econômica Federal paga nessa sexta-feira (17) o auxílio emergencial de R$ 600 a 1.359.786 beneficiários do Bolsa Família cujo último dígito do Número de Identificação Social (NIS) é igual a 2. O auxílio também será depositado para 1.958.268 pessoas nascidas em setembro, outubro, novembro e dezembro inscritas no Cadastro Único e que não recebem Bolsa Família.

O crédito será feito na conta poupança digital da Caixa aberta pelo banco para cada beneficiário.

O auxílio começará a ser sacado em dinheiro no dia 27 de abril. Os saques serão de acordo com o mês de nascimento do beneficiário. A medida visando reduzir os efeitos do coronavírus na economia brasileira.

As retiradas ocorrerão no dia 27 para os nascidos em janeiro e fevereiro, no dia 28 para os nascidos em março e abril, dia 29 para os nascidos em maio e junho e no dia 30 para os nascidos em julho e agosto. Em maio, será a vez dos nascidos em setembro e outubro sacarem o benefício no dia 4; e os nascidos em novembro e dezembro, no dia 5.

O dinheiro poderá ser retirado sem a necessidade de cartão em casas lotéricas, caso elas estejam abertas, e em caixas eletrônicos. A Caixa informou que não é necessário retirar o dinheiro porque o valor depositado na poupança digital pode ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, para pagamento de boletos e contas domésticas e para transferências ilimitadas para contas da Caixa, permitindo até transferências mensais gratuitas para outros bancos nos próximos 90 dias.

*Informações da Agência Brasil

Auxílio será ampliado

A Câmara dos Deputados aprovou nessa quinta-feira (16) o projeto de Lei que amplia a lista de categorias que receberão o auxílio emergencial de R$ 600. A proposta inclui, entre outras categorias, catadores de material reciclável, seringueiros, taxistas, mototaxistas, motoristas de aplicativos, manicures, diaristas e pescadores artesanais.

Mais Lidas