Pandemia

Coronavírus: secretário de saúde diz que "primeiros 15 dias de maio devem ser duríssimos em PE"

São 5.358 casos confirmados da doença até o momento no estado

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 28/04/2020 às 10:50
NOTÍCIA
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

O secretário de saúde de Pernambuco, André Longo, disse em uma coletiva online nessa segunda-feira (27), que os primeiros 15 dias do mês de maio podem ser "duríssimos" em relação à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Até o momento, são 5.358 casos confirmados e 450 mortes pela doença.

André Longo ressaltou que o governo estadual continuará a trabalhar para dar assistência aos pacientes e o número de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) será ampliado. "A curva de casos (em Pernambuco) deverá chegar ao pico em maio", destacou.

No boletim divulgado nessa segunda pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE), foram confirmados 460 novos casos do novo coronavírus (covid-19) nas últimas 24h. 

Dos casos novos, 203 são pacientes que tiveram Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), ou seja, formas mais graves da doença, e 257 são casos leves.

Estes últimos incluem profissionais de saúde e segurança, os contatos deles e pacientes ambulatoriais da rede privada. No total, são 3.688 casos graves e 1.670 casos leves.

Coronavírus em Pernambuco

Mais Lidas