Pandemia

Servidores municipais de Garanhuns reclamam de corte de 30% no salário

Prefeito disse que redução foi feita para evitar demissões

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 29/04/2020 às 12:58
NOTÍCIA
Divulgação/Prefeitura de Garanhuns
FOTO: Divulgação/Prefeitura de Garanhuns
Leitura:

Os servidores municipais de Garanhuns, no Agreste pernambucano, tiveram um desconto de 30% nos salários por causa da pandemia do novo coronavírus. Os que recebem o valor de um salário mínimo, nesta quarta-feira (29) encontraram o valor de R$ 676 em seus contracheques e disseram que com esse valor não é possível pagar contas e se alimentar.

O prefeito de Garanhuns, Isaías Regis, disse que o corte nos salários foi a solução encontrada para não demitir os servidores: "Nós, para não demitir, tiramos 30% do salários. E nós avisamos que quem ficaria em casa não seria demitido, mas não receberia o salário integral porque não está trabalhando", explicou em entrevista à Rádio Jornal Garanhuns.

A redução também ocorreu nos salários do prefeito, vice-prefeito e secretários.

*Informações da Rádio Jornal Garanhuns

Mais Lidas